Conheça Buenos Aires: Tudo o que você precisa saber

Buenos Aires é um dos destinos mais procurados por brasileiros para uma primeira viagem internacional. A proximidade com o Brasil e a aparente semelhança do português com o castelhano, além de passagens mais baratas do que para a Europa e os Estados Unidos faz a capital da Argentina ser invadida todo o ano por milhares de brasileiros. Se estiver planejando sua ida à terra dos Hermanos – seja novato ou experiente em viagens – e quer saber o que fazer em Buenos Aires, você veio ao lugar certo.

Todo dia tem algo diferente acontecendo em vários cantos da metrópole. E para não ficar perdido diante de tanta informação, separamos o essencial do que fazer em Buenos Aires.

 

1 – Plaza de Mayo / Buenos Aires

Fica em frente à Casa Rosada, e é conhecida pelo movimento político das Mães da Praça de Maio. Desde da década de 70 até os dias atuais elas se reúnem no local às quintas-feiras para protestar em decorrência de seus filhos desaparecidos na ditadura militar.

O chão da praça hoje é decorado com padrões imitando os lenços de cabelo usados por essas mulheres.

 

2 – Catedral Metropolitana de Buenos Aires

É a maior e mais importante igreja de Buenos Aires, ficando bem próxima à Casa Rosada ainda na Praça de Maio. Em seu interior encontra-se o túmulo de San Martín, herói argentino. É famosa por ter sido um dos locais de atuação do atual Papa Francisco.

Conhecemos toda a história e arquitetura da Catedral e de muitos outros pontos com o tour arquitetônico do Edu Baro, arquiteto argentino, o que é ótimo, pois muitas vezes deixamos passar batido detalhes que, como estrangeiros, não percebemos.

 

3 – Obelisco de Buenos Aires

Foi inaugurado em 1936 no mesmo local que ficava a igreja onde a primeira bandeira argentina foi hasteada. É muitíssimo visitado por turistas devido a sua localização, bastante central e perto de inúmeras outras atrações turísticas.

 

4 – Teatro Colón

É a maior e mais importante casa de ópera da Argentina, e uma dos melhores do mundo, ficando em quinto lugar com a melhor acústica do planeta. Inaugurado em 1908, é frequentado pelos maiores músicos e companhias sinfônicas do mundo. Visitas guiadas são feitas diariamente no local.

 

5 – Galerias Pacífico

Hoje um shopping center no Centro do Buenos Aires, foi construído como uma loja no estilo francês em 1889. Após isso, já foi a primeira sede do Museu Nacional de Belas Artes e o escritório da companhia de trens que iam de Buenos Aires até o Oceano Pacífico argentino, daí o nome atual.

Atualmente a galreia possui lojas dos mais variados tipos, mas mantém sua elegância e riqueza, com afrescos no teto de importantes artistas argentinos. Vale a visita para tomar um café e comer um alfajor em meio a tanta beleza.

 

6 – Plaza San Martin

Possui esse nome em homenagem ao grande herói argentino San Martín. Foi palco de inúmeros acontecimentos históricos trágicos, como a venda de escravos, uma praça de touradas e batalhas contra os ingleses durante a Guerra das Malvinas.

Hoje é um local bastante bonito, com várias árvores e prédios históricos. Só fique esperto ao se locomover por lá sozinho, pois é uma área não muito segura. Fomos lá com o Tour Lado B do Aires Buenos, em um grupo grande dando maior liberdade para explorar os detalhes mais interessantes da praça.

 

7 – La Boca/San Telmo

Os bairros mais ao sul do centro de Buenos Aires são notoriamente mais humildes, contrastando bastante com a rica região norte de Retiro, Recoleta e Palermo. Mas não por isso (e muito pelo contrário) sejam menos interessantes.

 

8 – Caminito

O Caminito é uma rua famosa por suas casas coloridas localizada no bairro de La Boca. Bairro formado por imigrantes italianos e de origem pobre, o Caminito é perfeito para fazer aquela caminhada vendo a arquitetura local inusitada, casais dançando tango por todos os lados, restaurantes e artesanato.

Evite visitar o Caminito nos fins de semana, quando o excesso de turistas chega a incomodar. E, como o bairro continua sendo um dos mais pobres de Buenos Aires e ao cair da noite não é aconselhável andar por lá.

 

9 – La Bombonera

O bairro de La Boca é famoso também por ser lá que fica o estádio do Boca Juniors, o La Bombonera. Fizemos um tópico mais abaixo para mostrar como é o turismo do futebol em Buenos Aires.

 

10 – Feira de San Telmo

Todo domingo ocorre uma feira no bairro de San Telmo, por toda a extensão da Calle Defensa, num evento que atrai muitos turistas. As ruas ficam lotadas de artistas vendendo artesanato, bandas tocando ao ar livre e casais dançando tango. É um dos melhores lugares para comprar lembrancinhas de viagem.

Lá também fica o famoso banquinho com a escultura em tamanho real da Mafalda e seus amigos, onde filas se formam para tirar fotos do lado da personagem.

Quando fomos em 2010 ainda não tinham adicionado os amigos de Mafalda no local. Nesta segunda ida, desistimos da foto ao ver a fila quilométrica se formando. Se quiser tirar fotos sem estresse, volte a San Telmo outro dia, sem a feira.

 

11 – Puerto Madero

O Puerto Madero surgiu, como o bairro que se apresenta hoje, na década de 90 a partir de um projeto de renovação de um antigo porto da cidade que havia ficado obsoleto.

A ideia envolveu empresas importantíssimas e nomes renomados da arquitetura, para revigorar o local. Redes de hotéis como Hilton e arquitetos famosos, como Calatrava, deixaram seu legado nesta parte da cidade que se tornou uma das mais modernas e o metro quadrado mais caro de Buenos Aires.

 

12  – Ponte de La Mujer

Obra do arquiteto espanhol Santiago Calatrava, foi seu primeiro projeto localizado na América Latina. É um lugar lindo para apreciar a vista de Puerto Madero, e sua arquitetura interessantíssima resulta em ótimas fotos.

 

13 – Madero Tango

Durante o I Encontro de Blogueiros Brasileiros em Buenos Aires, fomos convidados pela empresa de turismo Day Tours 4 U para prestigiarmos um dos shows de tango mais famosos de Buenos Aires, o Madero Tango, em Puerto Madero.

Assistir apresentações de tango em casas de show específicas para turistas não faz muito o nosso perfil, mas resolvemos tirar a limpo uma das atrações turísticas de Buenos Aires que mais recebem brasileiros.

O atendimento é de primeira, começando com uma van do evento buscando um por um em suas hospedagens. Chegando lá, todos têm suas mesas reservadas dependendo do valor pago, como em uma peça de teatro ou show de música.

Antes de o show começar, o jantar é servido, e é sensacional. A entrada, prato principal e sobremesa, assim como os vinhos são de primeiríssima qualidade.

A apresentação começa, e seguindo um roteiro, conta a história do tango, desde os imigrantes chegando a Buenos Aires, até os dias atuais. Ao contrário das milongas (que são apresentações de tango com passos mais livres e espontâneos), o tango apresentado em casas turísticas é coreografado.

A apresentação é longa, mas agrada bastante aos que puderem pagar por um espetáculo desse porte e querem assistir a uma apresentação de tango com todas as regalias que o momento permite.

Buenos Aires, assim como as grandes cidades do mundo, possui inesgotáveis opções de turismo. separamos o essencial do que fazer em Buenos Aires para relatar em detalhes seus principais bairros, temáticas e regiões turísticas:

  • Centro/Montserrat/Retiro
  • Casa Rosada
  • Plaza de Mayo
  • Catedral Metropolitana de Buenos Aires
  • Obelisco de Buenos Aires
  • Teatro Colón
  • Plaza San Martín
  • Galerias Pacífico
  • La Boca/San Telmo
  • Caminito
  • La Bombonera
  • Feira de San Telmo
  • Puerto Madero
  • Ponte de la Mujer
  • Madero Tango
  • Recoleta/Palermo
  • Cemitério da Recoleta
  • Floralis Generica
  • A Livraria El Ateneo
  • El Rosedal de Palermo
  • Museu Nacional de Belas Artes (MNBA)
  • MALBA (Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires)
  • Turismo do Futebol
  • Museu de la Pasión Boquense e La Bombonera

Se você está programando sua viagem para Bueno Aires essas dicas são essenciais para você aproveitar o máximo dessa cidade!

Conheça este lindo destino a partir R$ 1.428,30

*Valor por pessoa com Passagem aérea + hospedagem e taxas inclusas | 4 diárias
Saindo de Campinas Período: 03/05/2019 a 07/05/2019

A MD Turismo & Eventos tem o pacote perfeito e personalizado para sua viagem ser inesquecível, entre em contato agora mesmo pelo WhatsApp

O QUE FAZER EM NATAL RN?

“8 motivos para você conhecer Natal – RN” (como se precisasse de tantos motivos assim né?!)

A ensolarada Natal, no Rio Grande do Norte, é a escolha certa para quem não abre mão de um belo e confortável destino de praia nas férias. De Janeiro até Março é o período perfeito para conhecer a cidade Potiguar pois temos pouca chuva e muito agito.

Além de Natal ser a bela capital do Estado do Rio Grande do Norte, a cidade também pode ser um bom ponto de partida para conhecer outros destinos do Estado. Por isso, na hora de considerar o que fazer em Natal – RN, o viajante não pode deixar de fora alguns pontos turísticos nos arredores da cidade.

Praias ou lagoas? Dunas ou falésias? Passeios de buggy ou de barco? Piscinas naturais ou nadar com golfinhos? Tem de tudo o que a gente adora nesse litoral do RN. Confira a seguir alguns dos pontos turísticos imperdíveis para conhecer nos arredores de Natal.

1 – Praia de Ponta Negra – Natal

PRAIA DE PONTA NEGRA - RN
PRAIA DE PONTA NEGRA – RN

 

Essa é a principal praia da cidade de Natal. Ponta Negra é o melhor bairro para ficar hospedado na capital.

Além de ser uma bela praia, a região de Ponta Negra reúne ótimos restaurantes, bares e vida noturna (vale também conferir o Natal Food Park, uma área que reúne vários food trucks) e o famoso Morro do Careca.

  • Porque Conhecer: O Morro do Careca, na praia de Ponta Negra, é o principal cartão postal de Natal.

Morro do Careca

  • O que Fazer:Na orla de Ponta Negra, existe um deck de madeira e um letreiro da cidade, ambos perfeitos para fotos. No canto direito, próximo ao Morro do Careca, é possível fazer um passeio de jangalancha. É que antigamente o passeio era feito de jangada e depois mudou para uma lancha, contornando o Morro do Careca. O passeio vai até a praia de Alagamar, onde é possível ver golfinhos e tartarugas. Infelizmente não tivemos tempo de fazer.

2 – Dunas de Genipabu

Passeios de buggy ou até de charrete são algumas das opções de o que fazer em Genipabu

Genipabu é provavelmente o lugar mais famoso entre as opções de o que fazer em Natal, em função do passeio de buggy nas dunas. Os turistas podem pedir o passeio com ou sem emoção, o que indica o nível de adrenalina na hora de circular de buggy pelas dunas móveis.

DUNAS DE GENIPABU
DUNAS DE GENIPABU

 

  • Porque Conhecer:O visual das dunas é incrível. É possível contemplar toda a Praia de Genipabu e também uma vista panorâmica para a cidade de Natal.
  • O que Fazer: O passeio de buggy é o programa mais óbvio e imperdível em Genipabu, apesar de ser um pouco caro. A praia de Genipabu também é bonita e vale a pena caminhar até a duna localizada no canto direito. Ou ainda fazer um passeio bem diferente de charrete na praia com o seu Manoel, que segue cantando enquanto conduz os turistas. No alto da duna, há também opção de fazer um passeio de dromedário.

 

3 – Pipa, Tibau do Sul

Sim, dá para visitar Pipa através de um bate-volta a partir de Natal. Mas não é o recomendável. Há muita coisa legal para fazer em Pipa, que num simples passeio bate-volta não dá para conhecer. Além das praias e passeios, a vila oferece também ótimas opções de hospedagem e vida noturna.

PRAIA DA PIPA - RN
PRAIA DA PIPA – RN

 

  • Porque Conhecer: Pipa é o destino mais fotogênico do Rio Grande do Norte, por causa de suas belas falésias à beira-mar. Praias como a Praia do Madero, Baía dos Golfinhos e Praia do Amor estão frequentemente na lista das melhores praias do Estado.
  • O que Fazer: A Praia do Madero é considerada uma das mais bonitas de Pipa e há um visual incrível do alto das falésias para Madero e a Praia de Cacimbinhas. O visual do Chapadão também é um dos pontos altos de Pipa, e inclui tanto a vista para a Praia do Amor como para a Praia das Minas. O pôr do sol na Lagoa de Guaraíras é também um dos passeios essenciais para se fazer em Pipa.

 

4 – Parrachos de Maracajaú

O Rio Grande do Norte também tem seu pedacinho do Caribe. Aquele destino com águas tão cristalinas e azuis que pode ser chamado de Caribe Brasileiro. O melhor é que Maracajaú pode ser alcançado a partir de cerca de 1h30 hora de carro a partir de Natal.

 

PRAIA DE MARACAJAÚ
PRAIA DE MARACAJAÚ

 

  • Porque Conhecer: os Parrachos de Maracajaú ficam distantes 7 km do mar. Em dias de maré baixa o lugar vira uma grande piscina natural, onde é possível ver formações de recifes e peixinhos.

 

  • O que Fazer: O passeio de catamarã ou lancha até os parrachos de Maracajaú (formações de recifes naturais) é a principal atração da praia. Mas também é possível fazer passeios de buggy, de quadriciclo ou de caminhão.

 

5 – Lagoa de Pitangui e Lagoa de Jacumã

Tem muita gente que se apaixona mais pelas lagoas de Natal do que pelas praias. Por isso, conhecer pelo menos uma lagoa é um dos programas imperdíveis entre as opções de o que fazer em Natal. As lagoas possuem águas tranquilas, quentinhas e sempre com boa estrutura.

 

LAGOA DE PITANGUI - RN
LAGOA DE PITANGUI – RN

 

  • Porque Conhecer: Que tal sentar com os pés numa lagoa fresquinha enquanto bebe uma cerveja ou até deitar numa rede dentro de uma lagoa? É o tipo da experiência que relaxa qualquer um. Acaba sendo o objeto de desejo da maioria dos turistas em Natal.

 

  • O que Fazer: Além de relaxar ou almoçar nas lagoas, também dá para fazer as famosas atividades nas lagoas. Entre elas estão o esquibunda, o aerobunda (tirolesa) e o kamikaze (cuidado, a descida é muito rápida e não é incomum ralar o braço na areia). As praias de Jacumã, Porto Mirim e Muriú também se encontram nessa região.

 

6 – Praias do Litoral Sul: Rota do Sol até a Praia de Camurupim

O passeio até litoral sul inclui provavelmente as praias mais lindas do litoral do RN. Por isso, nós optamos por reservar alguns dias em Pipa, uma excelente base para explorar a região. Para quem opta por conhecer a região a partir de passeios bate-volta a partir de Natal, é possível conhecer várias praias, mas de forma superficial.

 

PRAIA DE CAMURUPIM - RN
PRAIA DE CAMURUPIM – RN

 

  • Porque Conhecer: A Rota do Sol que sai de Natal e segue até Pipa, possui várias praias incríveis e mirantes de tirar o fôlego.

 

  • O que Fazer: As principais praias e pontos turísticos desse roteiro são a Praia de Cotovelo (Parnamirim, RN), a Praia de Pirangi, Praia de Búzios, Barra de Tabatinga, Mirante dos Golfinhos e finalmente a Praia de Camurupim. Todas na cidade de Nísia Floresta. Na região também fica a Lagoa de Carcará e a Lagoa de Arituba.

 

7 – O Maior Cajueiro do Mundo, Pirangi

Com mais de 100 anos de existência, esse árvore é considerada não somente o maior cajueiro do mundo, mas a maior árvore frutífera do planeta. É uma das atrações mais famosas do Rio Grande do Norte.

 

O MAIOR CAJUEIRO DO MUNDO
O MAIOR CAJUEIRO DO MUNDO

 

  • Porque Conhecer: Apesar de ser um ponto turístico bem tradicional e conhecido, o cajueiro sempre impressiona pela sua dimensão. A estrutura interna, com passarelas de madeira, facilita e torna bastante agradável a visita.

 

  • O que Fazer: Além de percorrer as passarelas de madeira para explorar toda a extensão da árvore, há um mirante onde é possível ver o cajueiro de cima, e ter a noção da sua dimensão e de como ele avança sobre a região de Pirangi do Norte. Quando a árvore estiver dando frutos, é possível colher os frutos no próprio tronco da árvore. No entorno do cajueiro, há também uma feira de artesanato e alguns bares e lanchonetes.

 

8 – Rio Grande do Norte tem muito mais!

Além de se hospedar em Natal, você que está programando sua viagem para o Rio Grande do Norte também pode ficar hospedado em Pipa (litoral sul) ou em São Miguel do Gostoso (litoral norte), duas excelentes opções no Estado.

Abaixo  temos mais alguns pontos turísticos que também podem ser conhecidos através de passeios bate-volta a partir de Natal.

Há muita coisa para conhecer no Estado, e o tempo ideal para explorar a região é de 7 dias.  Confira alguns outros passeios recomendados.

  • Passeio até Barra do Cunhaú: uma aventura de quadriciclo ou jeep da Praia de Pipa até Barra de Cunhaú
  • Praia de Galinhos: litoral norte do Rio Grande do Norte, o passeio bate-volta mais longe de Natal, mas está entre os mais recomendados
  • Fortaleza dos Reis Magos
  • Lagoa de Alcaçuz: através do Passeio de Quadriciclo (em Natal)
  • Pôr do Sol: às Margens do Rio Potengino Iate Clube de Natal
  • Piscinas Naturais de Perobas: vilarejo de Rio do Fogo, em Touros

 

Se você está programando sua viagem para Natal essas dicas são essenciais para você aproveitar o máximo dessa cidade paradisíaca!

A MD Turismo & Eventos tem o pacote perfeito e personalizado para sua viagem ser inesquecível, entre em contato agora mesmo pelo WhatsApp